Eternamente Menina

Abril 18 2005

 

 

 

 

Deixo-me embalar pela música.
Fecho os olhos e sinto
o teu rosto mergulhar nas ondas do meu
cabelo.

 

As tuas mãos como plumas
percorrendo meu corpo.
Encostas-me à janela
e pressionas o teu corpo no meu.

 

Sinto uma volúpia quente
subir e fundir-se em mim.
Uma a uma, as peças vão desaparecendo
e eu estou ali,
nua, faminta, com as ondas
do meu corpo a chamarem-te ...

 

E tu vens, qual trovão em dias de
tempestade.
Para lá da janela, nada mais existe.
Somos nós, um só corpo
possuídos pelo mesmo desejo:
Amar ...

 

publicado por Menina Marota às 22:43

Muito bonito :-) Vivas à fundição da vida e do amor! :-)) Bjitos!ferrus
(http://ferrus.blogs.sapo.pt)
(mailto:falcato.joao@clix.pt)
Anónimo a 22 de Abril de 2005 às 12:08

Sabes o que me apetece dizer? Nham Nham! rsssss É que esse poema está.......... fogo! ;) Ardente, apaixonado! Bjitos
Anjo do Sol
(http://palavrasapenas.weblog.com.pt)
(mailto:anjo.do.sol@sapo.pt)
Anónimo a 21 de Abril de 2005 às 17:06

E que bom é desejar quem nos deseja... Está lindo e a música encaixa aqui perfeitamente :)
BeijosBeatas
(http://www.tribunalbeatas.blogspot.com)
(mailto:www.tribunal_beatas@hotmail.com)
Anónimo a 21 de Abril de 2005 às 11:08

Que bom e que bonito...é o amor: tem essa magia; sempre. Beijócas e continuaçõessPlantacarnivora
(http://Aseivadosolidadgo.blogs.sapo.pt)
(mailto:seivadosolidago@sapo.pt)
Anónimo a 21 de Abril de 2005 às 10:56

Saudo-te pela beleza das letras.
Peço-te desculpa pelas ausências, mas o teu blog quase nunca deixa comentar.
Tento vezes sem conta e nada.
um beijozezinho
(http://vbeiras.blogapraai.com)
(mailto:apcorreia@vozdasbeiras.com)
Anónimo a 21 de Abril de 2005 às 00:12

E tudo é tanto quando os corpos se fundem e formam um só...Bonito texto. Mil beijinhos!!!sussurros da lua
(http://blogfullmoon.blogs.sapo.pt/)
(mailto:sdrcarvalho@hotmail.com)
Anónimo a 20 de Abril de 2005 às 22:26

claro que me podes linkar! um beijinho grande e boa semana!patricia
(http://kidagakash.blogs.sapo.pt)
(mailto:patriciaaraujo@sapo.pt)
Anónimo a 20 de Abril de 2005 às 21:23

Naveguei nas ondas das tuas palavras. Muito bonito o poema.
Beijinhos
*AAlexandre
(http://eelkovanmulder.blogspot.com)
(mailto:alexnarciso@hotmail.com)
Anónimo a 20 de Abril de 2005 às 20:49

É bom quando se sente a vida assim com tanta intensidade e paixão. Felicidades e obrigado pela vizita. Um abraço!segundavida
(http://segundavida.blogs.sapo.pt/)
(mailto:jmelo887@sapo.pt)
Anónimo a 20 de Abril de 2005 às 18:47

Olá, cá venho fazer mais uma visitinha. Gostei muito deste post, lindo.

BjinhosCosmic Men
(http://cosmicmen.blogspot.com)
(mailto:cosmic_men@sapo.pt)
Anónimo a 20 de Abril de 2005 às 18:41

Sobre Mim...
Outras Eternidades