Eternamente Menina

Abril 15 2005

 

   ex-libris da tugoesfera

 

Uma cadeia de literatura surgiu na Blogosfera Portuguesa - o ex-libris da tugosfera -por iniciativa do "Barrie" de "the pink bee", a 7 de março, seguida pelo "Guy" do "non tibi siro", conferindo-lhe o sabor do sul da Europa... (palavras e imagem, gentilmente cedidas, pelo Andy)

E, eu fui apanhada por esta "onda" e a culpada, foi a Angelis,  do Pé de Vento!

Num pequeno intervalo que fiz, resolvi ler os e-mails que tinha no Sapo e, qual o meu espanto,  vejo lá este: Foste apanhada!Esta marota da Angelis... ou Ângela Monforte, autora do livro de poemas "Palavras à Solta", onde tive a satisfação de receber uma dedicatória muito carinhosa (toma lá, ficaram todos a saber!)A resposta ao desafio... é... Recolha do testemunho aqui S.F.F.

Não podendo sair do Fahrenheit 451, que livro quererias ser?
Sinceramente… um livro de poemas, de preferência, com imagens a condizer...

Já alguma vez ficaste apanhadinha(o) por um personagem de ficção?
Se  vos dissesse, até coravam...eu sou uma Menina_marota... agora a sério... Quando estudava ballet, sonhei interpretar, a princesa encantada, de o "Lago dos Cisnes", de Tchaikovsky. Ainda sonho por vezes, ao ouvir essa peça... 

Qual foi o último livro que compraste?
Querem mesmo saber a verdade?   "Almada Negreiros", de Rui-Mário Gonçalves, da Editorial Caminho, que vinha com a revista Sábado e os dois últimos números de "Museus do Mundo",  uma colecção que mandei reservar, mas nem sei, qual a publicação que está a distribuí-los  (para já, vou no nº. 5)

Que livros estás a ler?
A reler "O Jardim" de Margueritte Duras e, os livros das colecções que indiquei anteriormente.  

Que livros (5) levariam para uma ilha deserta?
Finalmente, iria ler os 4 volumes de "O Don Tranquilo" de Mikhail Chólokhov, que ando há anos para ler e nunca o fiz!

Releria, "também o Cisne Morre", de Aldous Huxley, um livro que me impressionou há anos, e que também gostaria, de voltar a ler. 

Voltaria a ler "O jogo das Contas de Vidro" de Hermann Hesse.  A quem vais passar este testemunho (três pessoas) e porquê?

Ao Peter do ConversasdeXaxa3, porque tenho uma empatia pelo seu blog.

À  Blue dos  Sentidos Ocultos,  uma menina do outro lado do Atlântico, porque adoro  a sua escrita e tenho um carinho muito especial por ela..Ao Andy do Babushka, autor da Layout do meu Blog e por quem tenho um carinho muito especial.

 

(Em tempo: O "malandro" do  Andy, também me envolveu nestes Apanhados, mas no Nietzsche. Pensa que lhe perdoo as respostas, mas não! Terás mesmo que responder no Babushka! É o teu castigo!) 

publicado por Menina Marota às 18:20

IMPERDOÁVEL! Como me esqueci do meu querido Fernando Pessoa?
Ao arrumar na estante o "21", livro de Poemas de Álvaro de Campos, da “Casa Fernando Pessoa”, ocorreu-me este pensamento: eh pá… esqueci-me do Fernando Pessoa, e eu sempre com ele aqui à mão!
Fica aqui assinalada a omissão…e ele, que me desculpe, mas nem preciso de referir, que o levaria sempre comigo...

Menina_marota
(http://eternamentemenina.blogs.sapo.pt/)
(mailto:Menina_marota@sapo.pt)
Anónimo a 17 de Abril de 2005 às 16:19

Como vai?
Estou aqui para pedir um favor. O homem das neves seria meu julgador, mas ele tirou ferias. Entao gostaria muito de saber??? vc pode ser uma das julgadoras do concurso blog de qualidade. Sao apenas 14 blogs e muitos de Portugal. Por favor preciso de uma resposta,
abracos,
cilene- amiga do homem das nevescilene
(http://carmem_bonfim.blog.uol.com.br)
(mailto:carmem_bonfim@uol.com.br)
Anónimo a 17 de Abril de 2005 às 05:11

Será que é desta que vou conseguir comentar esta Marota? É que não é fácil.
Gosto do Bolero de Ravel ;)
Um beijo
Mushu
(http://correrdovento.blogspot.com)
(mailto:mushu_pt@yahoo.com)
Anónimo a 17 de Abril de 2005 às 02:18

Já que eu fui apanhado desejo aos outros a mesma coisa.Foste e ficamos a saber mais um pouco de ti.Bom fim de semana.beijinhosAgostinho
(http://arteagostinho.blogs.sapo.pt)
(mailto:ag_silva@hotmail.com)
Anónimo a 17 de Abril de 2005 às 01:21

Fiquei a saber mais sobre ti. Também já me enviaram...
Vou "postar" amanhã.

DEIXO UM BEIJO
BShell
blueshell
(http://blueshell.blogspot.com)
(mailto:sengelo@mail.pt)
Anónimo a 17 de Abril de 2005 às 00:46

Passei para te ler e para te deixar os meus desejos de un ÒPTIMO fim de semana! :)**M.P.
(http://sabem.blogspot.com)
(mailto:mnpta@netcabo.pt)
Anónimo a 16 de Abril de 2005 às 22:27

Belíssimas escolhas. Perfeitamente acompanhadas pelo Bolero. Bjs e bom domingo, linda.Mitsou
(http://tijolices.blogspot.com)
(mailto:tijolices@gmail.com)
Anónimo a 16 de Abril de 2005 às 22:11

A onda da blogosfera em Portugal e no mundo, está para além de todas as vontades individuais e institucionais, porque os blogues cada vez ganham mais força e espaço próprio no nosso meio, quer queiramos ou não, é indiscutivelmente uma força em ascensão através da escrita da imagem e da revolta, o que nos obriga a assistir todos os dias nos meios de informação que a veiculam, na desigualdade na pobreza, na fome e na guerra em todo o mundo, os blogues são uma arma que temos ao nosso dispor, não mata mas desmoraliza...
Fácil não é?
Abraços, beijos e um óptimo fim de semana!Friedrich
(http://babushka.blogs.sapo.pt/)
(mailto:babushka@arquinorna.zzn.com)
Anónimo a 16 de Abril de 2005 às 21:12

Querida Menina
Continuo com dificuldades em aceder ao teu blog, umas vezes consegue-se, mas aparecem erros não sei porquê, daí a minha ausência.
Vejo que foste apanhada, eu parece que também o fui hoje.
Um beijo
DanielDaniel Aladiah
(http://aladiah.blogspot.com)
(mailto:aladiah2005@hotmail.com)
Anónimo a 16 de Abril de 2005 às 19:56

Podemos acrescentar mais sugestões de leitura:
- O retrato de Dorian Grey;
- O fogo do céu, O rei persa e jogos funerários, todos de Mary Renault.

Temos dito.

Ass:Mercador e GrizoAlfinete de Peito
(http://alfinetedepeito.blogspot.com)
(mailto:alfinetedepeito@hotmail.com)
Anónimo a 16 de Abril de 2005 às 17:09

Fogo do Céu, de Mary Renault, é o mais bonito livro que li na minha vida.
Tive mais tarde oportunidade de saber que o filme que se fez sobre Alexandre o Grande foi totalmente baseado na trilogia de Alexandre de Mary Renault. Só podia, embora o filme tenha ficado muito aquém do livro que beneficia, para além do mais, de uma tradução impecável.
Filipe Barros a 6 de Junho de 2008 às 16:18

Sobre Mim...
Outras Eternidades