Eternamente Menina

Abril 10 2005

gif16.gif

 

 

O mundo, dizias tu,
não é só dos pássaros
e do vento, o mundo
é também nosso. 

Foi
por isso, poeta,
que encheste
uma gaveta
de nuvens com a memória
das palavras e acendeste
no chão
dos dias
comuns
algumas estrelas
com tua mão.

  

(Poema de Albano Martins)

publicado por Menina Marota às 13:16

Paleta

Tens uma paleta
a que faltam
algumas cores. Talvez
porque há substâncias
a que não soubeste
dar expressão. Ou porque elas
são incolores. Ou porque
em toda a realidade
há fendas
que nem pela palavra
nem pela cor
alguma vez
saberás preencher.


Albano Martins
... Beijos
maresia
</a>
(mailto:quina777@netcabo.pt)
Anónimo a 14 de Abril de 2005 às 09:23

lindo, muito mesmo. :) bj.pandora
(http://pandora.blog.simplesnet.pt)
(mailto:pandora@simplesnet.pt)
Anónimo a 12 de Abril de 2005 às 21:57

Menina Marota,
Um abraço está tudo bem.
Estive 10 dias fora de Portugal em trabalho.
Passo cá amanhã com mais tempo.
Tudo do melhor!Armando Ésse
(http://http//grandefabrica.blogspot.com)
(mailto:afabrica@sapo.pt)
Anónimo a 12 de Abril de 2005 às 21:15

Pequenas coisas

Falar do trigo e não dizer
o joio. Percorrer
em voo raso os campos
sem pousar
os pés no chão. Abrir
um fruto e sentir
no ar o cheiro
a alfazema. Pequenas coisas,
dirás, que nada
significam perante
esta outra, maior: dizer
o indizível. Ou esta:
entrar sem bússola
na floresta e não perder
o rumo. Ou essa outra, maior
que todas e cujo
nome por precaução
omites. Que é preciso,
às vezes,
não acordar o silêncio.


Alberto Martins

LetrasAoAcaso
</a>
(mailto:letrasaoacaso@hotmail.com)
Anónimo a 12 de Abril de 2005 às 20:12

Um poema simples, mas sabes, na simplicidade reside a beleza...
JinhosBlue
(http://sentidosocultos.blogspot.com)
(mailto:sentidos_ocultos_80@hotmail.com)
Anónimo a 12 de Abril de 2005 às 20:04

Simples e perfeito!
Adorei, querida amiguinha!
Beijinhos para ti!Carmem Lucia Vilanova
(http://www.moralesvilanova.blogspot.com)
(mailto:moralesvilanova@yahoo.com)
Anónimo a 12 de Abril de 2005 às 18:34

Ora cá está um poeta que não conheço bem, e curiosamente encontro-o agora em 2 ou 3 blogs transcrito.
Depois, ainda há pessoas como a Filomena Mónica que escrevem o que escrevem os blogs.
Uma vez disse e agora repito, que nunca ninguém fez mais pela divulgação da poesia portuguesa que os nossos bloguistas.
Obrigado, Menina_Marota (MM, como a Marilyn :) )
Beijocas :)Yardbird
(http://novosvoos.blogspot.com)
(mailto:yardbird2504@gmail.com)
Anónimo a 12 de Abril de 2005 às 18:24

Nada melhor que uma poesia dita ao ouvido, num quarto semiescuro ao fim de uma tarde de amor...
beijoAdryka
(http://suspirar.blogspot.com)
(mailto:adry1111349@hotmail.com)
Anónimo a 12 de Abril de 2005 às 17:33

Sempre que aqui venho visitar, saio com um sorriso e umas palavras bonitas que li. Obrigada! Angela
(http://www.lightbubbles.blogspot.com)
(mailto:lightbubbles@gmail.com)
Anónimo a 12 de Abril de 2005 às 17:32

Excelente escolha :) BeijokasBetty
(http://desfolhada.blogspot.com)
(mailto:ferreiraelisabete@hotmail.com)
Anónimo a 12 de Abril de 2005 às 15:39

Sobre Mim...
Outras Eternidades