Eternamente Menina

Março 28 2005

 

 

 

Dorme meu menino a estrela d'alva
Já a procurei e não a vi
Se ela não vier de madrugada
Outra que eu souber será p'ra ti
Outra que eu souber na noite escura
Sobre o teu sorriso de encantar
Ouvirás cantando nas alturas
Trovas e cantigas de embalar

Trovas e cantigas muito belas
Afina a garganta meu cantor
Quando a luz se apaga nas janelas
Perde a estrela d'alva o seu fulgor

Perde a estrela d'alva pequenina
Se outra não vier para a render
Dorme qu'inda a noite é uma menina
Deixa-a vir também adormecer

 

 José Afonso

publicado por Menina Marota às 22:21

apetecia-me o som...aaron
</a>
(mailto:aaron@iol.pt)
Anónimo a 9 de Abril de 2005 às 18:29


Depois de todos estes comentários que pooso eu dizer ??? Obrigado !hagace
(http://Bezaranha.blogs.sapo.pt)
(mailto:HCORREIA@NET.SAPO:PT)
Anónimo a 1 de Abril de 2005 às 12:33

Dei por mim, não a ler, mas a cantar esta canção. :) Linda, suave, com um poema extraordinário. :) bjito, menina :)Anjo do Sol
(http://palavrasapenas.weblog.com.pt)
(mailto:anjodosol@sapo.pt)
Anónimo a 31 de Março de 2005 às 01:57

...estas palavras espectaculares e esta melodia...fazem desta musica...algo de singular...gostei muito...

Um beijinho*.Estrela do mar
(http://www.clavedelua.blogspot.com)
(mailto:clavedelua@netvisao.pt)
Anónimo a 31 de Março de 2005 às 00:28

Vou tentar que a memória não me atraiçoe (podia ir procurar o disco mas estou com preguiça...eh eh ).
Foi, salvo erro, para a contra-capa do LP "Trás outro amigo também", que Bernardo Santareno escreveu:
"pureza de poema, pureza de música, pureza de voz"
Se está tudo trocado, peço desculpa. É a velhice...eh eh António
(http://eusoulouco.blogspot.com)
(mailto:a.castilho.dias@clix.pt)
Anónimo a 30 de Março de 2005 às 23:59

Uma canção lindíssima, daquelas que só o querido Zeca era capaz!
Uma delícia!
BjsJose Duarte
(http://melnofrasco.blogspot.com)
(mailto:josepduarte@clix.pt)
Anónimo a 30 de Março de 2005 às 23:53

Assim era facil adormecer!! ;)rukinha
(http://www.shinningmoon.blogspot.com)
(mailto:raul_jsf@hotmail.com)
Anónimo a 30 de Março de 2005 às 23:09

Esta canção é LINDA! Mas cantada pelo cantor da voz de mel como lhe chamo é ÚNICA! :)**M.P.
(http://sabem.blogspot.com)
(mailto:mnpta@netcabo.pt)
Anónimo a 30 de Março de 2005 às 22:21

Adoro a música! O poema conjugado com a música fizeram em mim uma paz que vale ouro...Obrigada!
JinhosBlue
(http://sentidosocultos.blogspot.com)
(mailto:sentidos_ocultos_80@hotmail.com)
Anónimo a 30 de Março de 2005 às 20:09

...tão ausente e sempre tão presente...e actual, nas mais diversa "atitudes" musicais, o Zeca!!
Gosto destAS tuas selecções. Abraço e intés!!porquinho da india
</a>
(mailto:baconfrancis@netcabo.pt)
Anónimo a 30 de Março de 2005 às 19:02

Sobre Mim...
Outras Eternidades