Eternamente Menina

Dezembro 26 2004

Florbela.GIF

 

 

A Flor do Sonho, alvíssima, divina,
Miraculosamente abriu em mim,
Como se uma magnólia de cetim
Fosse florir num muro todo em ruína.

Pende em meu seio a haste branda e fina
E não posso entender como é que, enfim,
Essa tão rara flor abriu assim! ...
Milagre ... fantasia ... ou, talvez, sina ...

Ó Flor que em mim nasceste sem abrolhos,
Que tem que sejam tristes os meus olhos
Se eles são tristes pelo amor de ti?! ...

Desde que em mim nasceste em noite calma,
Voou ao longe a asa da minha’alma
E nunca, nunca mais eu me entendi ...

Poema de Florbela Espanca 

publicado por Menina Marota às 23:05

Black Rose, um abraço para ti. E um 2005 muito FelizMenina_Marota
(http://eternamentemenina.blogs.sapo.pt/)
(mailto:Menina_Marota@sapo.pt)
Anónimo a 29 de Dezembro de 2004 às 01:53

Obrigada pela visita, DoceRebelde. Um abraço e um ano 2005 o melhor possivelMenina_Marota
(http://eternamentemenina.blogs.sapo.pt/)
(mailto:Menina_Marota@sapo.pt)
Anónimo a 29 de Dezembro de 2004 às 01:51

Olá Madalena, querida amiga. Sim, mas não é só ela que adora Florbela, acho que herdou isso de mim! Espero o teu telefonema. Tens o TLM desligado? jinhosMenina_Marota
(http://eternamentemenina.blogs.sapo.pt/)
(mailto:Menina_Marota@sapo.pt)
Anónimo a 29 de Dezembro de 2004 às 01:49

:) gosto mt de ler Florbela:) Rose**Black Rose
(http://wwwalguemperdido.blogspot.com)
(mailto:gu4no@hotmail.com)
Anónimo a 27 de Dezembro de 2004 às 18:40

É da Florbela Espanca, nem é necessário comentar. Parabéns pela escolha!
Tudo de bom no ano que se aproxima a passos largos.docerebelde
(http://docerebelde.blogs.sapo.pt)
(mailto:docerebelde@hotmail.pt)
Anónimo a 27 de Dezembro de 2004 às 09:14

A tua kida maravilhosa que adora Florbela Espanca. Lindo poema, gostei muito. Lena
</a>
(mailto:pkena@iol.pt)
Anónimo a 27 de Dezembro de 2004 às 08:41

Sobre Mim...
Outras Eternidades