Eternamente Menina

Dezembro 26 2004

cisnes.GIF

 

Sacode as nuvens que te poisam nos cabelos,
Sacode as aves que te levam o olhar.
Sacode os sonhos mais pesados do que as pedras.

Porque eu cheguei e é tempo de me veres,
Mesmo que os meus gestos te trespassem
De solidão e tu caias em poeira,
Mesmo que a minha voz queime o ar que tu respiras
E os teus olhos nunca mais possam olhar.

(Sophia de Mello Breyner Andresen in Sacode as Nuvens)

 

publicado por Menina Marota às 22:52

Conheces os meus gostos poéticos, Madalena. Não poderia faltar aqui essa Senhora da Poesia...Beijo para ti também. E continuo à espera do teu telefonema, menina!!!Menina_Marota
(http://eternamentemenina.blogs.sapo.pt/)
(mailto:Menina_Marota@sapo.pt)
Anónimo a 29 de Dezembro de 2004 às 01:59

Oi Andy, desculpa só agora responder. Mas em tempo de Natal... sabes como é! Mas tb não te vi no MSN...Beijo Menina_Marota
(http:///)
(mailto:Menina_Marota@sapo.pt)
Anónimo a 29 de Dezembro de 2004 às 01:56

Lindo este poema a Sofia e com uma bela imagem a condizer. Tb gostei. BjsLena
</a>
(mailto:pkena@iol.pt)
Anónimo a 27 de Dezembro de 2004 às 08:44

Está muito profundo este poema da Sophia, foi muito bem eslhido.

Beijos e até já...Andy
(http://okulto.blogdrive.com)
(mailto:andymore@arquinorna.zzn.com)
Anónimo a 26 de Dezembro de 2004 às 23:00

Sobre Mim...
Outras Eternidades