Eternamente Menina

Julho 04 2010
(Imagem de autor desconhecido)


É primavera.


No meu coração florescem
raízes de memórias
mescladas de rosas e jasmins
no perpétuo movimento
da engrenagem do tempo.

Um leve toque
um pequeno som
distinguem-se de
tantos sentimentos
que perduram no vento
da utopia.

Breve é o sonho
que nos aproxima.

Um sorriso
dilata a artéria
desta imensa vida,
onde nada se perde,
tudo se transforma,
até a existência perdida.

 

publicado por Menina Marota às 18:30
Tags:

Sobre Mim...
Outras Eternidades