Eternamente Menina

Setembro 08 2011

 

  

Imagem de Tony Hawk

 

 

 

Há no mistério das palavras
viagens indecifráveis
desejos omitidos
tristezas alienadas
alegrias sentidas
lágrimas partilhadas.

Há no mistério da música
a alma da arte do sentir
o pilar que sustenta o enigma
de geração em geração.

O sopro a solo único bendito
do canto da alma de amar
sempre e sempre o Dó e o Fá
que bailam com o Si e o Mi
que velejam em Ré ao
Sol da esperança do Lá.

Na ternura do abraço da conjugação
palavras e música despem-se de preconceitos
e juntas
dançam a melodia do meu coração.

publicado por Menina Marota às 09:20
Tags:

Atão andas por aki Menina???!!! fugiste do FB?? a boa filha a casa torna e este foi o primeiro blog k te conheci. poema c/mta musicalidade e que gostei mt de ler.
bjokas
Marius Salgado a 11 de Setembro de 2011 às 10:12

Fugi? Eu sou lá de fugir de alguma coisa, Marius? :-)
Já voltei ao blogues desde que resolvi "reabrir" este... com "cara nova" eheheh
Aliás podes dar uma volta pelos outros que também estão actualizados!
Bjinhos para todos.
Menina Marota a 11 de Setembro de 2011 às 12:12

Sobre Mim...
Outras Eternidades