Eternamente Menina

Junho 23 2012

Noite de S. João, Porto

 

Anoiteceu.
Ao longe o som da música lembra que
é noite de festa

Algures,
gente animada, de sorriso sedutor e
movimentos ondeantes,
envolvem-se na dança do amor

Corre-me nas veias um arrepio
sentindo o furor que adivinho
no calor que se desprende
entre a música e o clamor

É noite de S. João.

publicado por Menina Marota às 22:22

Já se foi o S. João, mas ficou no ar o "arrepio" e o "calor" a tocar-nos os olhos.

Beijinho
Rita Carrapato a 16 de Julho de 2012 às 14:53

Gostei muito da simplicidade rítmica dos versos e do sentimento que encerram
Luís Alves de Fraga a 10 de Outubro de 2012 às 23:52

Sobre Mim...
Outras Eternidades