Eternamente Menina

Outubro 14 2012

Está disponível em PDF e noutros sistemas, o meu novo livro.

Que dizer-vos dele?
Não foi pensado. Não foi agendado.
Nasceu do coração, como nasce a poesia que tem alma e razão.
Foi filmado num dia de chuva, com a simplicidade d'um rosto de cara lavada, de jeans desbotados, descalça, na areia molhada, descontraído, natural, o dia a dia da poesia sentida, real, tal como a maré cheia que na praia desmaia.


Na versão para iBook pode ver-se um vídeo dividido em duas partes, no ínicio e a meio do livro, bem como ouvir-se cinco poemas e dois textos declamados por Luís Gaspar


Escolha a versão que preferir na Livraria Liberdade





publicado por Menina Marota às 12:01

Uma ideia genial. Não conhecia este sistema. Parabéns.
Amaral do Nascimento a 14 de Outubro de 2012 às 15:08

Sobre Mim...
Outras Eternidades