Eternamente Menina

Março 12 2005

 

Quis deixar
uma letra pequenina,
onde coubesse
o sol e o vento,
o humor e a alegria,
letra minha
que não fosse solidão
mas um pouco de
cheiro a maresia.
Mas a névoa
não deixa ver a letra
desinspirada
pelo abandono
de multidões
que nos deram tudo
e deixaram-nos
o nada.
Hoje, vagabunda neste espaço,
caminho lado a lado
sem letras.
Fechada
neste
tinteiro transparente,
esperando que alguém lhe tire a tampa
e que as palavras se soltem,
diluindo o vazio

que na mente se instalou.

 

Palavras, voltem aqui,
a este espaço
que conheceu diálogos quentes,
música de ambiente,
mas que um vendaval
limpou e, triste aqui estou,
onde nem a alegria entrou.
Senta-te aqui comigo,
dita-me palavras
murmuradas ao ouvido
da saudade
de ti, de mim, de todos aqueles
que nunca estiveram fechados

  num tinteiro transparente, 

mas que iluminavam este sítio 

e a minha mente! 

 

(27/07/2004)

(originalmente colocado num Fórum do Terravista)

publicado por Otília Martel às 01:39

numa noite "desinspirada" escreveste um poema que chegou, em letrinhas esvoaçantes, ainda que enevoadas, ao meu cantinho.
este teu espaço é partilhado pelo nosso encanto em ler-te.
beijos, menina_marota:)

(estive ausente, não só do teu blog, mas de outros com sistema idêntico que não me deixou comentaé-los)moriana
(http://www.moriana.blogspot.com)
(mailto:musalia7@hotmail.comm)
Anónimo a 12 de Março de 2005 às 11:52

Não me importava nada de quando não tenho inspiração, escrever coisas tão belas como estas, na realidade nem inspirado as consigo escrever.Um abraço e bom fim de semana.Armando Ésse
(http://grandefabrica.blogspot.com)
(mailto:afabrica@sapo.pt)
Anónimo a 12 de Março de 2005 às 11:59

Se isto é não ter inspiração...Aguardo ansiosamente que ela venha! Será Divinal!!! Bjitos e Bom fim de semana! :-)ferrus
(http://ferrus.blogs.sapo.pt)
(mailto:falcato.joao@clix.pt)
Anónimo a 12 de Março de 2005 às 12:24

...e acabaste por fazer um texto LINDO, vês?

Sim, ando deprimidita. Est´´a quase a fazer 2 meses que o meu pai faleceu...e a dor parece que aumenta de dia para dia; depois, fiz anos...e ele não estava, como de costume, para me abraçar. Custou muito...o dia dos meus anos. Ando "choca"...como diz o meu marido, "intratável", pareço " uma barata tonta"...
Enfim, neste capítulo...ninguém me pode ajudar. tenho de ser eu a encontar as forças...acho eu!
Jinho, BShell
(obrigada pelas tuas visitas e pelas tuas palavras. )blueshell
(http://blueshell.blogspot.com)
(mailto:sengelo@mail.pt)
Anónimo a 12 de Março de 2005 às 12:32

lindo como sempre! Bom f.d.s!!!varela488
(http://www.barbiku.blogspot.com)
(mailto:varela488@hotnail.com)
Anónimo a 12 de Março de 2005 às 13:59

bem se isto é estar desinspirada, como será quando a inspiração te vem? ;)
Bom fim de semana
Bejo grandeLina
</a>
(mailto:o_sextosentido@hotmail.com)
Anónimo a 12 de Março de 2005 às 15:39

Desinspirada?! Não achei nada disso, mas...se a autora o diz. Não quero contrariar; apenas deixar os desejos de um óptiomo fim de semana. Intés!!porquinho da india
</a>
(mailto:baconfrancis@netcabo.pt)
Anónimo a 12 de Março de 2005 às 16:12

Desinspiradamente... mas belo, doce

um beijo rose****black rose
(http://wwwalguemperdido.blogspot.com)
(mailto:rosita_pukanina@hotmail.com)
Anónimo a 12 de Março de 2005 às 16:18

Se todas as desinspirações dessem palavras tão belas, serias capaz de tocar uma melodia com tuas plavras, porque é isso que a tua poesia é..melodia..Um beijo doceMissLadyMystery
(http://MundoDosSonhos.blogs.sapo.pt)
(mailto:lovespellyou@portugalmail.pt)
Anónimo a 12 de Março de 2005 às 16:27

E estavas desinspirada? Fará se estivesses inspirada :-) ****a deprimida
(http://adeprimida.blogs.sapo.pt/)
(mailto:kerias@sapo.pt)
Anónimo a 12 de Março de 2005 às 16:50

Sobre Mim...
Outras Eternidades