Eternamente Menina

Janeiro 28 2005

Fernando Pessoa visto por Almada Negreiros

Fernando Pessoa visto por Almada Negreiros 

 

Nunca os vistes
Sentados nos cafés que há na cidade,
Um livro aberto sobre a mesa e tristes,
Incógnitos, sem oiro e sem idade?
Com magros dedos, coroando a fronte,
Sugerem o nostálgico sentido
De quem rasgasse um pouco de horizonte
Proibido...
Fingem de reis da Terra e do Oceano
(E filhos são legítimos do vício!)
Tudo o que neles nos pareça humano
É fogo de artificio.
Por vezes, fecham-lhes as portas
- Ódio que a nada se resume -
Voltam, depois, a horas mortas,
Sem um queixume.
E mostram sempre novos laivos
De poesia em seu olhar...
Adolescentes! Afastai-vos
Quando algum deles vos fitar!

 

[Pedro Homem de Mello in Os Poetas]

publicado por Otília Martel às 17:09

Ao ler o poema sobre os poetas lembrei-me do F.Pessoa que está sentado numa mesa de café feito em bronze numa rua em Loulé.Tem exctamente a descrição que tem o teu poema. Gostei muito.Viceversa1000
(http://Diario365.blogs.sapo.pt)
(mailto:Viceversa1000@sapo.pt)
Anónimo a 28 de Janeiro de 2005 às 17:15

Obrigado pela visita que retribuo! Belas imagens e textos fantásticos... Voltarei! nobody
(http://nobodymarginal.blogspot.com)
(mailto:nobodymarginal@hotmail.com)
Anónimo a 28 de Janeiro de 2005 às 17:39

Ao ler o teu comentário, ViceVersa, que desde já agradeço, recordei-me de Almada Negreiro a retratar Fernando Pessoa. O Hopper terá que me desculpar, porque o irei trocar (ai estas mulheres, diria o Poeta...eheh)E ficará dedicado a ti, esta substituição... e o poema também! Espero que aceites...Abraço e um :-)))menina_marota
(http://eternamentemenina.blogs.sapo.pt/)
(mailto:menina_marota@sapo.pt)
Anónimo a 28 de Janeiro de 2005 às 18:25

Serás sempre bem vindo,nobody. Obrigada pela presença. :-)))menina_marota
(http://eternamentemenina.blogs.sapo.pt/)
(mailto:menina_marota@sapo.pt)
Anónimo a 28 de Janeiro de 2005 às 18:36

Mas que lindo Blog, gostei muito. venho visitar mais vezes :)
Beijinhos a abraços

AnaAna
(http://avalonana.blogspot.com/)
(mailto:avalonana@hotmail.com)
Anónimo a 28 de Janeiro de 2005 às 18:58

Lindíssimo poema. Um bom fim-de-semana =DAngela
(http://www.lightbubbles.blogspot.com)
(mailto:lightbubbles@gmail.com)
Anónimo a 28 de Janeiro de 2005 às 18:59

Ainda bem que ajudei, porem sem querer. Foi um comentário que deixei, como tantos outros. Beijos para ti tambem e bom fim de semana lindaViceversa1000
(http://Diario365.blogs.sapo.pt)
(mailto:Viceversa1000@sapo.pt)
Anónimo a 28 de Janeiro de 2005 às 19:07

_MUITO BELO!
E, COMO PERDI TANTA *COISA MARAVILHOSA*!!!!!
VOU TENTAR IR LENDO!
_PERDOE MINHA AUSENCIA;
Suponho, tenha sabido que me tenho encontrado doente!
_Eu e... "o meu PC"!
Estou um pouco melhor e, pouco a pouco, irei pondo a LEITURA em dia!
_FIQUE EM SAUDE E PAZ!
Beijinho.
Heloisa B.P.
**********************
Heloisa B.P.
(http://www.conversandocomaspalavras.blogspot.com)
(mailto:heloisawithoutpoetry@hotmail.com)
Anónimo a 28 de Janeiro de 2005 às 19:27

Venho informar que hoje o meu post é interdito a menores de 18, portanto a sua ida por aquelas paragens, podem constrangê-la, e eu não quero ser culpada disso. rsrsrssrsr. Adorei o conjunto do poema e da imagem. Uma relação para ninguem pôr defeitos. Lindo poema, vivam os poetas, viva a eternamente menina que os publica. Beijóquinhas e não se esqueça da minha advertência. Espero ainda ir a tempo. Plantacarnivora
(http://Aseivadosolidadgo.blogs.sapo.pt)
(mailto:Seivadosolidago@sapo.pt)
Anónimo a 28 de Janeiro de 2005 às 19:35

E vivam os poetas e o Pedro Homem de Mello. Bom fim de semanaaflores
(http://omeublog2004.blogs.sapo.pt)
(mailto:albertoflores1957@sapo.pt)
Anónimo a 28 de Janeiro de 2005 às 19:35

Sobre Mim...
Outras Eternidades