Aqui há tempos comentei, num blog que já não consigo evocar... comentei, dizia eu, sobre os "acasos". Sobre como gosto deles e de como considero que fornecem matéria prima preciosíssima a todos os artistas.
Estou por aqui há anos... quase quatro. Suponho que isto seja muito tempo no que diz respeito a blogs. Há cerca de um ano (?) no Facebook e há alguns meses que a adicionei aos meus "amigos de página". Não aconteceu antes, não sei porquê... agora, por puro acaso, senti a necessidade de navegar por aí, quase aleatoriamente... e dei com este post. Por isso este enorme comentário, esta introdução que nunca mais acaba...
Não tenho a menor dúvida de que a articulação entre os diferentes serviços de prestação de cuidados de saúde é o calcanhar de Aquiles do nosso SNS. Há falhas tremendas. Eu não acredito em maldições pessoais mas passei por tantas e tão graves que teria de ser muitíssimo crédula para as não atribuir a essas péssimas articulações.
Não tenho EM... que eu saiba. Tenho qualquer coisa ainda menos conhecida e que é parente mais ou menos próxima, mas já nem sequer me preocupo muito com isso porque agora é a minha vez de começar a falhar às consultas de especialidade. Não é uma decisão tão leviana quanto possa parecer porque a medicação que faço não pode ser parada - anti coagulação com varfarina sódica - e apenas necessita de ser vigiada pelo menos uma vez por mês... mas, um dia ainda lhe conto sobre as mil e uma coisas que me aconteceram... a mim, a quase todos os meus filhos, à minha mãe... quase sempre por negligência pura e muitas vezes pelas tais falhas na articulação dos serviços.
Desejo-lhe o melhor dentro de tudo o que sei inevitável. Desejo mesmo, do fundo do coração.
Abraço grande!
Maria João Brito de Sousa a 15 de Setembro de 2011 às 02:46

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres