Eternamente Menina

Janeiro 25 2018

Janet A. CookPintura de Janet A. Cook

 

a hora floresce
rosa
vermelha
rubra e escarlate
—eu sei da moça que se deleita
e da hora que passa
dança que dança—
o meu relógio tem um arquejo
de uma vez só seta de ouro e chumbo

a hora floresce
e é o meu coração como a esponja espremida
—agora uma esponja que esguicha o excesso—
alguém embaraça
em oculto
os ponteiros

cada minuto cai como a água da neve
lá onde está a amiga
—e junto a mim cai qual espuma
ferida.

 

Poema de Joan Salvat-Papasseit

Tradução de Adriano do Carmo Lima

(Adrian'dos Delima)

publicado por Otília Martel às 15:05

Sobre Mim...
Outras Eternidades
Musica